quinta-feira, 15 de julho de 2010

vão ficando pelo caminho
migalhas de máscaras
que os corvos devoram

lágrima de sal, estátua de vidro

Um comentário:

naomefazpensar disse...

Elas não costumam duram tanto. E, quando caem, não adianta olhar para trás.