quinta-feira, 22 de julho de 2010

vagar por estas ruas de vazio multitudinário
[num estertor de fôlego extraordinário
é entrar cada vez a um banheiro público
amplo e de limpeza fingida
cujos boxes emparelhados
são gestos das pessoas

portas que encerram alguém
em pose insólita e querendo se libertar.

3 comentários:

Katrina disse...

isso fica no espelho

naomefazpensar disse...

Engraçado que li seu texto e, logo em seguida, "projetado por Hugo".

O que eu imaginei foi muito bizarro!

Eloisa disse...

Caximir e O Turista no teu blogroll. Que lindo!
Cadê o teu ritmo alucinado de postagens? Esqueceu que tem gente que respira sua poesia?!