sábado, 17 de abril de 2010

estorvo,
um pássaro grande que as asas pequenas
impedem de voar

não é preto como muitos pensam, mas marrom
camuflado entre raízes e folhas
parar cortar o tornozelo de quem passa

produz som característico
embaixo de janelas
quando a madrugada faz psiu

fura pneus
informa a direção errada
e ri muito quando isso faz alguém se atrasar

Um comentário:

Jess disse...

Maldito estorvo esse que sempre esconde meu celular quando tenho que ligar, que me ocupa com bobagens quando estou com pressa, que abre a minha geladeira, bebe a minha cerveja e dorme de cueca no sofá da minha sala.